Veja como usar a sua nota do Enem para ingresso em universidades do exterior

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é o exame que mede a qualidade do ensino médio no país. Porém, nos últimos anos, a nota do Enem serve ainda para acessar cursos do ensino superior em todo o Brasil através de programas como o Sisu, o Prouni e o Fies. Além do mais, a nota do Enem pode ser usada ainda para que os estudantes ingressem em universidades do exterior.

Anúncio

Que países aceitam a nota do Enem?

Apesar disso já valer há anos para muitas universidades de outros países, como Portugal, por exemplo, nem todos têm essa informação. Em 2014, o Inep passou a firmar acordos de cooperação com universidades e institutos portugueses. Dessa forma, nos últimos anos, cerca de 50 universidades de Portugal passaram a aceitar a nota do exame para a admissão de estudantes brasileiros.

A Universidade de Coimbra foi a primeira instituição portuguesa a aceitar a nota do Enem e a universidade dá pesos diferentes à nota para cada curso de graduação. Veja aqui algumas informações sobre o assunto.

Anúncio

Além de Portugal, existem ainda outros países que selecionam os candidatos brasileiros através do exame, exemplo disso são Inglaterra, França, Irlanda e Canadá. Na Inglaterra, a nota do Enem serve para ingressar nas universidades de Oxford, Kingston e Bristol. Porém, essas instituições podem pedir a realização do vestibular local, além de considerar outras questões como a fluência em inglês e histórico escolar.

No Canadá, a Universidade de Toronto exige, além da nota do Enem, o diploma do ensino médio do candidato. Já na França, o acesso é mais complexo, pois as instituições exigem ainda que o candidato tenha conseguido aprovação no Brasil em cursos semelhantes ao que pretendem estudar lá.

Sendo assim, para ingressar em um curso no exterior através do exame, em primeiro lugar, é preciso ter em mente em qual país dentre os que aceitam a nota do Enem você quer estudar. Feito isso, é necessário pesquisar quais são os documentos exigidos pelo país e suas universidades, além de estudar bastante para o Enem para garantir um bom resultado.

Anúncio

Sendo assim, para ingressar em um curso no exterior através do exame, em primeiro lugar, é preciso ter em mente em qual país dentre os que aceitam a nota do Enem você quer estudar. Feito isso, é necessário pesquisar quais são os documentos exigidos pelo país e suas universidades, além de estudar bastante para o Enem para garantir um bom resultado.

Contagem regressiva! Saiba o que você ainda pode fazer antes do Enem 2020


Com o adiamento do Enem para janeiro, os estudantes tiveram um tempo maior para se preparar. Porém, as decisivas semanas pré-provas são justamente num período de festas, no qual todos querem confraternizar. Mas, você não pode deixar os estudos de lado.

Anúncio

Fonte: Notícias Concursos – Imagem: André Melo Andrade/Myphoto Press/Estadão Conteúdo

Anúncio
Anúncio