Nubank libera empréstimo rápido e fácil, saiba como contratar

O Nubank se tornou a maior fintech do país e atrai uma grande quantidade de usuários diariamente. Com tantos clientes, é normal que uma parcela deles precise de um empréstimo em algum momento e o banco digital já está preparado para isso. Veja a seguir todos os detalhes sobre o empréstimo pessoal Nubank.

Anúncio

A linha de crédito Nubank possibilita o pagamento em até 24 meses, totalizando dois anos. E os contratantes possuem um período de três meses de carência para começar a quitar sua dívida. 

Antes de contratar, os clientes podem fazer simulações diretamente no app do Nubank para conferir todas as condições do empréstimo, tudo de uma maneira simples e rápida.

Anúncio

Como simular e contratar o empréstimo Nubank 

Todo o processo de solicitação é feito totalmente online pelo app do Nubank.

Antes de contratar é possível conferir o limite pré-aprovado disponibilizado pelo banco. No momento da contratação, o cliente consegue visualizar o valor, número de parcelas, juros, entre outros detalhes. Veja como simular e contratar.

  • Entre no aplicativo do Nubank
  • Na tela principal, observe a barra inferior e selecione “Empréstimos”
  • Clique em “Novo Empréstimo” e selecione o motivo pelo qual quer a opção
  • Faça a simulação inserindo o valor que deseja contratar
  • Agora insira a quantidade de parcelas e a data que deseja realizar os pagamentos
  • Neste momento, confira os juros, as condições e o valor total do acordo
  • Verifique todas as questões e confirme a operação, o valor é transferido imediatamente para conta do Nubank.

Juros 

As taxas de juros que serão cobradas nas parcelas podem variar de acordo com o perfil de cada usuário. No momento da contratação, já é possível conferir todas as condições do empréstimo. O Nubank afirma que espera que estas taxas sempre estejam menores do que as das outras alternativas presentes no mercado. 

Anúncio

Além dos juros, o solicitante fica sujeito ao pagamento de IOF, registros, seguros, tributos e as demais despesas específicas no Custo Efetivo Total (CET) do empréstimo.

Fonte: FDR – Imagem: Reprodução/Internet

Anúncio
Anúncio
Anúncio